A importância do acompanhamento do anestesiologista no pós-operatório

No pós-operatório, o anestesiologista atua com objetivo de monitorar a recuperação do procedimento de anestesia realizado durante a cirurgia e controlar a dor que o paciente pode sentir. A fase de recuperação anestésica inicia ainda na sala cirúrgica, com o objetivo de restabelecer os reflexos respiratórios, a estabilidade cardiovascular e a força muscular. Na sala de recuperação pós-anestésica é dado continuidade aos monitoramentos citados, adicionado a avaliação do restabelecimento da consciência e ocorrência de queixas de dor. 

O início do controle da dor é essencial desde o momento da finalização do procedimento anestésico. O planejamento para o controle da dor é realizado pelo anestesiologista para todo o período de recuperação do paciente, neste é prescrito os diferentes tipos de medicamentos que podem ser utilizados para prevenir e controlar a dor, de acordo com a intensidade que se apresentar.

A presença da dor no pós-operatório dificulta a mobilização ativa, restringe o esforço para a tosse produtiva, leva à redução da ventilação, além de também elevar os níveis de pressão arterial e comprometer o estado geral do paciente. Podendo impactar na recuperação geral do processo cirúrgico.

O impacto da segunda onda no sistema de saúde

Publicações similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu